Etiquetas

, , , , , , , ,

O Olympic Club, em São Francisco acolhe o US Open, segundo Major da época, esta semana e se no primeiro Major se falou na dificuldade de Augusta, o que dizer deste monstro? Ao segundo dia Tiger, David Toms e Jim Furyk co-lideram com -1, estando o grupo seguinte com uma pancada acima do PAR (+1). O cut foi feito a +8, tendo ficado de fora Dustin Johnson, Oosthuizen e Bubba Watson (+9), McIlroy (+10) e Luke Donald (+11). O Olympic tem o início mais difícil da USGA, (reza a lenda) com os 6 primeiros buracos dificílimos, em que a média no scorecard costuma ser 1.72 pancadas acima do PAR ao fim do sexto buraco.

Anúncios